health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

¡Que Diós nos libre!


O desespero está estampado no rosto de Maradona. Hoje a Seleção argentina não tem uma simples partida de futebol, mas sim uma verdadeira batalha triunfal frente aos seus irmãos platinos, os uruguaios. Vencer é preciso.

A preparação dos argentinos pra Copa do Mundo 2010 teve algo em comum com a dos brasileiros. No cargo de técnico, uma aposta. Se aqui no nosso país, Dunga, um jogador longe de ser considerado ídolo pelo povo brasileiro, porém com reconhecimento da CBF como um profissional linha dura e que preza pelo bom comportamento, foi escolhido para assumir esse desafio, no país do tango, Maradona, aquele que pra eles é o Deus do futebol, voltava pra seleção nacional, dessa vez como comandante.

Na hora dessas escolhas, quando um ídolo assume um cargo diferente de jogador de futebol, as pessoas deveriam saber que a teoria de que “se foi vencedor dentro de campo, será também fora” é pura balela. E não porque o capitão de tetra vem dando certo por aqui (até agora) que será assim com qualquer um.

Pois bem, os argentinos têm reconhecidamente um bom time, peças importantes no futebol mundial como o jovem Messi que vem sendo cotado nos últimos anos para ser escolhido o melhor do planeta.

Mas se a gente for analisar os números da seleção sob o comando de Dieguito, veremos que a coisa é meio vexatória e lamentável.

Hoje, os argentinos ocupam apenas a oitava colocação do returno das Eliminatórias Sul-Americana para 2010. Uma das piores campanhas na história argentina. São cinco derrotas (quatro com Maradona como técnico) e três vitórias. Mas apenas em um jogo a seleção convenceu, que foi na goleada por 4x0 frente à Venezuela.

Quando falamos na classificação das seleções como visitantes, a Argentina só fica a frente de Colômbia, Bolívia e Peru. Foram conquistados apenas cinco pontos, dos 24 disputados.

Caso a Argentina vença o jogo de hoje contra o Uruguai, será uma das classificações mais sacrificadas para a Copa do Mundo. Diante disso, será o momento da AFA (Associação de Futebol Argentino) rever seus conceitos e concluir que acabou a brincadeira. Uma escolha deverá ser tomada: continuar servindo de clínica de reabilitação psicológica a um ídolo nacional, ou planejar dignamente a seleção para a disputa da Copa do Mundo.

[Foto: Portal Terra]

FME News

• DEBATSPORTS está de casa nova. Confiram a última edição sobre jogadores que jogam no Brasil desfalcando seus times pela Seleção Brasileira. Clique aqui.

• Futebol Recordação dessa semana fala sobre o Brasileirão de 1979 e a conquista invicta do Internacional. Pitacos do Bodaum.

• Sábado é dia de surpresa no Futebol, Música, Etc. Não perca!

6 comentários:

Gremista Fanático disse...

Cara não imaginava que a Argentina tinha uma campanha tão ruim assim no segundo turno das eliminatorias, e na minha opinião mesmo que a Argentina vença hoje o Maradona não seguira no comando da seleção, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Blog do Vascão disse...

Maradona só não saiu do comando da do selecionado argentino pelo símbolo que representa para o povo de seu país e ninguém tem essa corragem de tirálo, hoje a argentina ganha mas no sufoco do uruguai.
Abraço
Jeferson

Tudo Sobre o Santos Futebol Clube! disse...

A Argentina está ruim neste 2° turno das eliminatórias msm!!

Acho que a Argentina pode ganhar do Uruguai, mas se perder, já está "corrompido" o seu passaporte para a Copa!

abraços!!
SFC

Visite:
http://jlntudosobrefutebol.blogspot.com/

Fernando Gonzaga disse...

como eu imaginava, a Argentina conseguiu sua suada classificação na última rodada, mas teve colaboração do Chile que bateu o Equador...

abraço!!!

Felipe Delfim disse...

Confesso que também não imaginava uma campanha tão minúscula assim da Argentina na segunda metade... foi uma surpresa, e, como diria Vitor Sérgio Rodrigues, do Esporte Interativo, Maradona não é treinador. É animador de torcida, embora ele tenha deixado-a bastante desanimada ultimamente (isso antes da classificação de ontem que, como vou falar no meu blog, foi mais no coração e na tradição do que na tática ou no bom futebol). Enfim, eles se deram bem, nós também, e que a gente os pegue na copa (de preferência com Maradona ainda comandando as coisas por lá ainda) pra dar aquela bela sova de praxe neles... hehehe

Vlws Wilson! Abração!

http://deprimafc.blogspot.com

Michel Farias disse...

Argentina ganhou mais não convenceu, o melhor a fazer agora é tirar o Dieguito do comando, pq essa sorte na Copa do Mundo dificilmente aparecerá...

Abraço Hebert!!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/