health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Morre Richard Wright.



Mais uma lamentável perda no mundo da música. Um dos fundadores do Pink Floyd, o tecladista Richard Wright, faleceu nessa segunda aos 65 anos. Ele sofria de câncer.

Para o vocalista da banda, David Gilmour, o tecladista era quem mais recebia aplausos ao final dos shows no ano de 2006. Agora, além de arrancar aplausos, Rick Wright (como era conhecido) nos deixará saudades. Um tecladista que poderia não integrar o grupo de melhores do mundo, mas certamente brindou e esfera musical fundando ao lado de Roger Waters e Nick Mason uma das maiores bandas que se tem conhecimento.

Rick chegou a se desentender com Roger Waters, que assumia de vez a liderança da banda durante as gravações de The Wall, motivando um afastamento de Rick, mas que tão logo seria revisto.

Além de ser membro fundador e tecladista, Rick Wright também teve participação na composição de excelentes músicas da banda. Uma delas foi "Echoes", onde ele canta ao lado de David Gilmour. Participou também de praticamente todas as músicas do mega-álbum Dark Side Of The Moon, além de Wish You Were Here. E nos primeiros anos de Pink Floyd, Richard Wright contribuiu com músicas dos primeiros álbuns, sendo que algumas foram totalmente feitas por ele, como "Summer 68".

Wright também apresentou aos fãs trabalhos solos como os álbuns Wet Dream de 1978, Identity de 1984 - sob o nome Zee – que contou com a participação de Dave Harris, além do Broken China no ano de 1996.

Abaixo a letra de The great gig in the sky, escrita por ele:

"E eu não estou com medo de morrer,
a qualquer hora pode acontecer, eu não me importo.
Porque estaria com medo de morrer?
Não há razão para isso,
você tem que ir algum dia."
"Eu nunca disse que estava com medo de morrer."


(Roger Waters, Nick Mason, Syd Barrett e Richard Wright)


O blog “Futebol, Música e Etc” deseja força aos seus familiares e aos fãs do músico e do Pink Floyd.

3 comentários:

Ricky_cord disse...

Mais um bom artista que se perde. Ficam as suas músicas para a eternidade

Carlão Azul disse...

Realmente uma morte que será muito sentida por quem ama o Pink Floyd, e morte prematura, uma pena.

Abraços amigo WH.

EFRAIM disse...

Pois é Wilson, primeiro foi o Syd Barret e agora o Richard Wright... me pergunto se algum dia haverá bandas com tamanha força e inovação como foi o Pink Floyd nos anos dourados... Hoje, infelizmente, a moda são essas músicas estúpidas e insípidas para adolescentes... acho que não preciso citar nomes de bandas, até pq estão à todo o tempo nas paradas de música de alguma mtv ou multishow da vida! Abraço!