health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Covers que deram certo.

(Cassia Eller no show "Mudaram as Estações")


Muita gente diz que uma banda ou um músico de carreira solo, não possui as canções que tocam o tempo nas rádios, ou seja, as mais famosas, como as melhores. Por exemplo, posso citar os Los Hermanos, que na época do auge de Anna Julia, eu ouvia algumas pessoas dizerem que a banda carioca tinha músicas mais interessantes que esta que foi bem presente nas principais rádios do país logo assim que a banda de Camelo estourou com o hit.

Mas também é evidente que o sucesso - por mais que alguns digam não procurar a fama através da música – soa no mínimo como orgulho para o autor não só de música, mas de outras artes. É o reconhecimento mútuo da capacidade de se fazer música. É lógico também, que eu não estou levando em conta canções que só nasceram para se fazer algum proveito, como as bizarras “coisas barulhentas” criadas por Tiririca, Falcão, Bonde do Tigrão e etc., que criavam e criam músicas única e exclusivamente, para a mídia tirar proveito. Mas não é minha intenção entrar nessa polêmica. Não agora.

O assunto a ser discutido nesse post, é sobre o reconhecimento da qualidade musical no momento em que ela é composta. E uma categoria que adora fazer tal reconhecimento quando percebe alguma pérola, é a dos músicos. E qual seria a melhor forma de um músico homenagear outro? Regravando canções. É exatamente isso que venho mostrar. Os covers que na minha opinião, deram certos. Veja abaixo, alguns exemplos escolhidos por mim:

Canção: É preciso saber viver.
De: Roberto Carlos Regravada por: Titãs

Pra muitos (a esmagadora maioria com mais de sessenta), Roberto Carlos é rei, pra mim se trata apenas de mais um cantor da Jovem Guarda, e assim sendo, eu digo que esta canção ficou muito melhor na versão dos Titãs.

Canção: The man who sold the world
De: David Bowie Regravada por: Nirvana
Existe um fato curioso acerca desta versão da banda de Kurt Cobain. Em uma entrevista, David Bowie reconhece que a versão do Nirvana ficou melhor até do que a original, feita por ele e eu concordo.

Canção: Por Enquanto (O nome certo da canção é "Por Enquanto" e não "Mudaram as Estações". Obrigado pela correção, André)
De: Renato Russo Regravada por: Cássia Eller

Sou muito fã da banda de Renato Russo, mas devo admitir que assim como em outros casos, esta versão ficou melhor do que a original.

Canção: Knockin on heaven’s door
De: Bob Dylan Regravada por: Guns n’ Roses e Bob Marley
Uma canção fantástica, feita por um compositor fantástico. Existem vários músicos que regravaram esta música e dentre os que eu ouvi, Guns e Marley fizeram as melhores versões covers.

A música Garotos jamais foi cantada por Cazuza, que morreu em 1990. Leoni compôs a música em 1993. Eu havia visto em alguns sites de reprodução o seguinte título: Garotos - Leoni e Cazuza. Daí a confusão. Peço desculpas a todos.

Canção: Love of my life
De: Queen Regravada por: Scorpions

Pelo timbre de voz que Klaus Meine possui, ele poderia escolher qualquer que fosse a música da banda inglesa Queen, mas escolheu Love of My Life para tocar no CD "Scorpions Acoustica" e a música ficou tão bela que parece uma versão legítima.

Canção: On the Way Home Rise
De: Neil Young Regravada por: Renato Russo / Legião Urbana
Renato Russo que possui várias músicas regravadas por vários artistas, mostrou que também sabe tocar músicas dos outros e no "Legião Urbana Acústico", nos brindou com essa maravilhosa canção de Neil Young.

Canção: Come Thogether
De: Beatles Regravada por: Soundgarden

Não é pra qualquer um tocar músicas dos Beatles, mas Chris Cornell quando ainda estava à frente do Soundgarden, mostrou que ele possui essa capacidade e fez a regravação de Come Thogether que na minha opinião, é uma das que mais se aproxima da originalidade entre as composições do quarteto de Liverpool que acabou sendo regravado por outros músicos.

Canção: Woman
De: John Lennon Regravada por: Ozzy Osbourne
Quando Ozzy resolveu que faria um CD só com covers, as pessoas imaginavam que só viria por aí músicas porradeiras de heave metal pra cima, mas o comedor de morcegos surpreendeu e colocou entre as regravações, Woman de Lennon. Ficou simplesmente uma maravilha na voz de Ozzy mantendo a maestria da música.

Canção: Another Brick in the wall
De: Pink Floyd Regravada por: Rage Against The Machine
O RATM fugiu totalmente do seu estilo, ao gravar Another Brick in the Wall do Pink Floyd. Mas como essa lista representa covers que deram certo, esse não poderia faltar.

Estes, portanto, são alguns dos exemplos de covers que na minha opinião deram certo. Faz-se necessário mencionar que listas como essas possuem suas complicações e uma que fatalmente ocorreu foram de exemplos que entraria, mas que por esquecimento ou desconhecimento meu, não foram citados, então, eu peço aos amigos, que além de comentar (cornetar e criticar) os que já foram expostos, apresentem outros para que eu possa conhecer ou me lembrar.






Deixe esse post melhor. Faça um comentário.

10 comentários:

Danilo Damasceno disse...

Cara por estas e outras que sou fã do aseu blog, sempre interagindo varios assuntos, isso não é facil ainda mais com a sua qualidade, eu gostaria primeiro parabenizar pelo post, que esta excelente, voltando ao assunto com toda certeza existem musicas que ficaram melhores com os covers.Concordo com todas citadas, como exemplo também vale citar varias musicas de Peninha, foram regravadas por outros cantores e sempre melhores nas vozes alheias, Fabio Junior é outro que sempre pega musicas dos outros e sempre faz delas sucessos, alguns exemplos apenas, bem pensado a discussão!Abração a minha repercussão eu já fiz acontecer!hehehe

Gardagami disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
André Rocha disse...

Wilson, o nome da canção da Legião não é "Mudaram as Estações", e sim "Por Enquanto". E eu acho a versão voz e violão do Renato Russo, muito presente nos shows da turnê do disco "Dois", em 1986, muito superior a da Cássia Eller. E a versão insuperável de "Garotos", para mim, é a original, do Kid Abelha, na voz da Paula Toller. No mais, acrescentaria a incrível versão de Jim Capaldi, com direito a guitarra do ex-Beatle George Harrison, para "Anna Júlia", do Los Hermanos.

Wilson Hebert disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
leo1984 disse...

Fala, Wilson
Excelente texto sobre os covers, realmente a versão de "The Man Wh Sold The World" do Nirvana é a melhor... Só não sabia q Ozzy Osbourne havia gravado "Woman", de John Lennon, que é maravilhosa.
Passa no meu blog pra ler sobre os 100 anos do Galo
Valeu!!!

Carlão Azul disse...

Como disse o Danilo, um blog com bastante variedades é sempre muito "saboroso".

Abração Wilson

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
SAIBA TUDO SOBRE O MAIOR DE MINAS no Site
SAIBA TUDO SOBRE O MAIOR DE MINAS no Blog
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

SãoPauliNa-RP disse...

Ola Wilson tudo bem?

Olha eu por aki ehhehehe..
post show..rsrsrs...

ta sumido pq heim????

e o fds como que foi??
bjssss

snoopy disse...

fala wh!
show de bola sua análise!
reforço o coro dos elogios que recebeu por aqui. são merecidíssimos.
me agrada muito o roberto carlos das antigas. mas o das antigas.
e por esse motivo que prefiro a versão original deles de é preciso saber viver.
the man who sold the world ficou melhor com nirvana. aliás, excelente lembrança a sua!
por enquanto com renato russo é insuperável. passa um ar de mistério que a cássia não conseguiu transmitir.
knockin on heaven's door é melhor com os guns se for ao vivo. cara, nos shows, o axl detonava demais.
me lembro de uma versão sensacional de helter skelter, dos beatles, cantada pelo u2, no hattle and run. show de bola!
outra que me vem à cabeça é simpathy for the devil, que, embora tenha ficado fantástica com o guns, não supera a original dos stones...
vou ainda mais longe: já ouviu down on the farm, que o guns regravou do the pubs? sensacional! depois vai lá no meu orkut e veja um vídeo dessa música.
e termino com mama kim, do aerosmith, que o guns também regravou.
que maravilha!
mais uma vez, parabéns pelo post!

wh,
o snoopyempretoebranco está comemorando um ano de existência e agradece aos blogs parceiros.

abs. e sds. botafoguenses!!!

Anônimo disse...

Sobre covers bem sucedidos, vale uma viste ao site de Pedro Lima no my space (www.myspace.com/pedrolimafutebolmusical). Ele lançou um cd só com músicas sobre futebol. Onze clássicos já defendidos por outros craques. Sou supeito, pois faço parte do jogo, mas vale conferir. Com certeza.
Célio Albuquerque
celioalbuquerque@yahoo.com.br

Jessie disse...

O próprio Renato Russo, preferia a versão da Cássia, rsrsrs.
Abraços