health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Vexame rubro-negro no Uruguai.



A partida de ontem realizada em Montevidéu, foi mais um exemplo do quão caseiro é o time comandado por Joel. De nada adiantou o trabalho feito pela comissão técnica para concentrar o elenco ao máximo para partida, a fim de prepará-los para qualquer eventualidade adversa que viesse a acontecer. A forma que alguns jogadores se portaram em campo foi ridícula. Total falta de experiência para esse tipo de competição. A derrota para o Defensor na Libertadores do ano passado, nas oitavas de finais, infelizmente não serviu de aprendizado. Mais uma vez os rubro-negros não souberam superar a característica mais corriqueira do continental: a catimba. E olha que esse jogo em especial, nem foi tanto o caso. No inicio, se tratava de um jogo onde os dois times buscavam tão somente a bola rolando, mas ao tomar o primeiro gol, todo o esquema do Flamengo veio por água abaixo.

Durante a vida desse blog, já citamos alguns exemplos de times que erraram no passado, e hoje estão de forma admirável reparando esses erros, como é o caso do Atlético-PR. Mas o Fla, mesmo ficando gritante a total insuficiência de enfrentar adversários tradicionais fora de casa no campeonato brasileiro do ano passado, acabou se prejudicando pela própria campanha, onde conseguiu a vaga entre os quatro primeiros, ganhando só no Maracanã. O alto número de partidas como visitante sem vitória deveria ser algo preocupante e merecedor de atenção da comissão técnica e diretoria do Flamengo, porém, nem todos os mínimos cuidados foram tomados. E esse ano, no campeonato carioca, que vem se mostrando uma bela porcaria no quesito dificuldade imposta aos grandes, contribuiu, para que se criasse uma ilusão de auto suficiência dentro e fora de casa, sendo que na verdade, o time só havia atuado uma vez como visitante, no primeiro jogo da Libertadores, quando empatou em 1 a 1 com o coronel Bolognesi. Esse tipo de erro, ainda é uma realidade rubro-negra.

A falta de disciplina, foi outro problema na partida contra o Nacional (URU), onde o time carioca saiu do gramado com dois a menos e um placar de 3x0 pro adversário. Surpreendentemente, Souza não foi o protagonista de nenhuma cena vexatória. Toro, agredindo um gandula e Léo Moura com entrada violenta, foram expulsos de forma correta e Fábio Luciano também deveria ter sido expulso, por acertar um chute no rosto de Bertolo. Ficou comprovado que há com o que se preocupar neste ano. Comportamentos como esses, típicos de time pequeno não podem mais voltar a acontecer e a equipe precisa de uma vez por todas aprender a jogar fora de casa. Se engana, o torcedor que acha que levantar poeira no Maracá e só lá, conquistar as vitórias, será o bastante.

Post tambem publicado no site Boteco Futebol. Para acessá-lo, clique no ícone abaixo:


******************

Quero me desculpar com os leitores por não ter postado o texto que falaria sobre os jogos dos tricolores, principalmente o do Fluminense, que foi um dos melhores que vi nos últimos tempos. Mais uma vez fui vítima da árdua correria do dia-a-dia, ficando impossível de chegar na frente de um PC no dia 06/03. Espero que a próxima vez que tivermos um time atuando tão bem e fazendo um espetáculo como aquele proporcionado por equipe e torcida do Fluminense, eu possa estar com a possibilidade de registrar aqui no blog.



Deixe esse post melhor. Faça um comentário

9 comentários:

Diego Louzada disse...

Fala, amigo Wilson, Blz. Cara, essa semana li uma coluna no Site Trivela que dizia que o fla estava tomando o lugar do sp como maior time do país. Mostrei a alguns amigos e discordando, fui criticado.
Pois bem, um dos meus argumentos era de que em nenhum dos jogos importantes o time tinha mostrado um grande futebol e que a variedade de jogadas não era o forte dessa equipe. Tirando os laterais, pouco se criava, com esse meio-campo recheado de volantes. A zaga também não passa confiança, já que Angelim é apenas um zagueiro razoável e Fábio Luciano é melhor na sobra e na bola aérea do que no combate direto, o que ficou evidente ontem.
Quanto ao fato de ser caseiro, ano passado isso ficou bem claro, já que uma das principais razões para a arrancada foi a sequencia de partidas no Maraca por causa dos jogos adiados.
O Fla pode ir longe na Libertadores, mas tem que se comportar melhor fora de casa, tendo principalmente a cabeça no lugar.
Abraço

Carlão Azul disse...

O Flamengo fez uma péssima exibição no Uruguai, em todos os sentidos. Não deu pra entender...


Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Sou Cruzeirense-Site
Sou Cruzeirense-Blog
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

ADRIANO disse...

hauhauhuahauhauhauhauhauhauahuah

TÁ VENDO O Q ACONTECE COM O TIME DAS LADRAS???? QUANDO Ñ COMPRAM O JUIZ É ISSO AÍ: CHUTE NA CARA DO ADVERSÁRIO, PORRADA NO GANDULA, VOADORA E O CACETE!!! DEPOIS VEM FALAR Q BOTAFOGUENSE E´ Q CHORA D+ FAÇA-ME O FAVOR NÉ

NÃO GANHA NADAAAA
TIME DE LADRÃÃÃÃÕ
SE Ñ COMPRAR O JUÍZ
COITADO DO MENGÃÃÃO

3!!!! 3!!!! 3!!!! 3!!!! X O
FOI POUCO rs

ah eu ñ esqueci ñ. Hj ñ era dia de vc ter aparecido no trabalho com a blusa do fra??? cadê aquele pano de chão????

hauhauhuahuahuahuahuahau

Vlw wilsinho rs

Raphael disse...

Fala cara. Tranquilo!

Nesse blog eu sou parcial, pois é sobre meu time de coração, porém em outros sites que escrevo colunas falo sobre os cariocas.

Gosto bastante de futebol, além de Fluminense, com isso tenho um profunda admiração sobre todos os cariocas.

----------------------------------

E o Mengão. Deu mole no Uruguai, jogando muito mal com um adversário que não é lá essas coisas, mas tem uma torre na frete, um gigante de 1,96.

Joel precisa encontrar um meio-campo que arme o jogo. A jogada pelas pontas está saturada, sendo assim uma meiuca que consiga ajudar a armar o jogo é fundamental para que o sistema ofensivo funcione.

Vale ressaltar também que as duas expulsões fecharam a conta do Fla. Abs! Add os blogs, farei o mesmo.

Rui Moura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui Moura disse...

Wilson, continuo a gostar dos seus comentários na generalidade. Embora por vezes seja parcial, naturalmente por razão do amor ao seu clube, a maioria das suas análises são lúcidas. O seu comentário sobre os incidentes provocados pelo seu clube no Uruguai é muito imparcial. Ao contrário de outros comentários 'branqueadores'...

Rui Moura disse...

Wilson, quando me refiro a outros comentários 'branqueadores' não é a si que me dirijo, mas a uma certa imprensa.

Abraço grande, amigo.

Wilson Hebert disse...

Respondendo ao amigo Rui Moura.

Caro Rui, agredeço suas palavras. Sempre procuro ser o mais imparcial possível e se torna uma prova de fogo avaliar uma partida envolvendo o Flamengo.

Sobre os comentários parciais da minha parte, você deve estar se referindo a respostas minhas aqui e em outros blog's.

Quando vou escrever um texto que será publicado no blog, o faço como estudante de jornalismo, mas quando estou num blog amigo, ou até respondendo algum comentário aqui no blog, na maioria das vezes o faço como torcedor.

Abraços e volte sempre

leo1984 disse...

Fala Wilson
Cara,o seu time perdeu a cabeça e a partida lá no Uruguai de novo, dá pra perceber q o Flamengo só ganha no Maracanã lotado