health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Está proibido tirar a camisa do Flamengo!

(camisas do futebol e do remo)



Na tarde-noite desta sexta-feira, o Flamengo conseguiu assegurar o direito de receber a cota de patrocínio da estatal Petrobras, que estava presa. Eram seis meses sem receber a quantia do patrocínio. Consequentemente, o salário dos jogadores também se encontrava atrasado em dois meses e havia funcionário com até cinco meses de salários atrasados. Com a assinatura de um novo período contratual entre Flamengo e Petrobras, foi garantido ao clube carioca o direito de recebimento da cota (R$ 8,3 milhões), possibilitando o pagamento de todos os atrasados.

Porém, o atual contrato inclui uma nova clausula que não havia no anterior, restringindo aos atletas dos esportes patrocinados por essa representação estatal, a retirada do seu uniforme em momentos de comemoração coletiva de alguma conquista dos times vinculados ao acordo no contrato. Seja durante ou após a realização das partidas.

Ou seja, caso o time de basquete conquiste o nacional (já que está na liderança) ou time de futebol, o carioca (já que está na final), o jogador não poderá mais tirar a camisa do clube para mostrar qualquer outra que não traga o nome do patrocinador.

Pra mim, chega a ser um exagero. Hoje, o jogador de futebol, já não pode tirar a camisa na comemoração de um gol, isso até classifico como medida aceitável, já que é a empresa patrocinadora quem paga seus salários, e é tida como única fonte de renda pelos dirigentes ”preguiçosos”, além da exportação para a Europa, mas num pódio, comemorando um título, onde ninguém se preocupa em ver qual é o patrocinador da equipe, proibir o profissional de usar uma outra camisa, é demais.

Acho que as equipes brasileiras já são incrivelmente reféns da venda de atletas para o velho mundo, agora a relação entre Fla e Petrobras, mostra que os times do nosso país, podem ficar reféns não só de empresários e equipes européias, mas também daquele que deveria ser sua válvula de escape. Acredito que essa moda deve, infelizmente, deixar de ser exclusiva do Flamengo. Lamentável!

Texto tambem publicado nos seguintes sites


Deixe esse post melhor. Faça um comentário.

3 comentários:

Arthur Virgílio disse...

É o patrocínio que manda no clube. Futebol hoje, infelizmente, é um negócio.

adriano feliz da vida disse...

Kd a analise do jogo de ontem??????????

Ítalo disse...

parabens pelo seu blog é diferente de todos de esportes, pois se propõe a discutir música e esporte. eu também tenho um blog o http://arenabaianafutebol.blogspot.com. Eu vou te linkar.