health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Corinthians. Campeão moral, teórico e prático.


No Campeonato Brasileiro de 2005, Corinthians e Internacional disputavam palmo a palmo a conquista daquele torneio. Essa competição ficou marcada nos arquivos dos Brasileirões, como o da corrupção dos árbitros. Rapidamente, podemos lembrar o caso de Edílson Pereira de Carvalho, e “seus jogos faturados”. Outra situação marcante, foi logo após o titulo corintiano, o então presidente do clube, Alberto Dualib, falar sobre um possível esquema de favorecimento para o Timão. Na partida entre essas duas equipes ainda naquele torneio, todo mundo viu um pênalti do goleiro Fabio Costa, no meia colorado Tinga. Bastou para começar todo um reboliço em volta da integridade do árbitro Marcio Resende de Freitas, que além de não marcar a penalidade, expulsou o jogador do Inter. Ao final do ano, e do todo o disse-me-disse, o senso comum decidiu o seguinte: Corinthians campeão teórico e Inter campeão moral.

Nesses últimos dias que antecederam a segunda partida da final entre os mesmos Corinthians e Internacional, o vice-presidente de futebol colorado, Fernando Carvalho, produziu um DVD com lances duvidosos que demonstraria “novamente”, o Corinthians sendo favorecido pela arbitragem. Esse vídeo foi parar no YouTube, e realmente são lances no mínimo, polêmicos. Mas será que é o bastante para acreditarmos em esquema pró-Timão? Em se tratando de futebol brasileiro, erro de juiz é algo em que vemos em abundancia, sem distinção de clube.

Agora vamos aos fatos dentro de campo nos jogos dessa final. A primeira partida que aconteceu no Pacaembu, foi apitada por Heber Roberto Lopes e terminou 2x0 para a equipe paulista. O Internacional teve dificuldades para atacar e o time de Mano Menezes estava bem postado na defesa, marcando forte. Outro fator: havia sérios desfalques na equipe gaúcha. Os jogadores mais importantes não atuaram. Casos de Nilmar, D’Alessandro e Kleber. A derrota colorada por 2x0, diante dessas circunstâncias, se deu resultante de um roubo por parte do árbitro do Paraná?

No jogo de volta, um jovem árbitro, Ricardo Marques Ribeiro (MG), ficou encarregado de comandar esse jogo, que foi mais um daqueles que antes mesmo de a bola rolar, já ganhava contornos de guerra civil. Poderíamos aí, questionar uma situação: Como deixar um jogo de suma importância nas mãos de um jovem desconhecido? Entretanto, fato é que ele pertence ao quadro da FIFA. Pouco? Esse é o máximo que um juiz de futebol pode chegar...

Analisando a partida desta quarta, observaremos que foi um jogo que mexeu com os nervos dos jogadores. Não tinha como ser diferente. Todos agiram levando em conta seu instinto, tomando decisões, ali, no momento. Inclusive os técnicos: Mano Menezes e Tite, que acabaram expulsos. E os jogadores, D’Alessandro e Elias, que também deixaram o campo com cartão vermelho. Daí tirar conclusão de esquema para favorecer o time que se sagrou campeão, não seria exagero?

Vale ressaltar que o Fenômeno perdeu duas chances claras de gol. Falha no sistema defensivo do Inter, que permitiu o centroavante adversário receber a bola em condições. E por outro lado, e do outro lado, Nilmar, também perdeu sua chance sagrada, cara-a-cara com Felipe, chutando a uma altura que permitiu com que o arqueiro corintiano espalmasse para escanteio. Erro ou azar do atacante colorado. Tanto faz.

De certo, que o resultado poderia ser outro. O Inter podia dificultar mais na primeira partida, se fosse mais competente. Se tivesse seus principais jogadores em campo. Mas também poderia nem passar das quartas de final. Lembrando que o gol da classificação, naquela etapa da competição, contra o Flamengo, veio no finalzinho do jogo.

Alguns torcedores, viciados na crença da teoria da conspiração, podem jurar, inflamados como uns fanáticos religiosos, que a CBF deu o título dessa Copa do Brasil para o Corinthians. Eu, como simples mortal, antes das finais, suspeitei que algo pudesse acontecer. Mas, como sempre, me sinto obrigado a analisar os fatos antes de concluí-los. Pra mim está claro, o Timão foi melhor. Mereceu e venceu.



Parabéns ao Sport Clube Corinthians Paulista pelo título da Copa do Brasil 2009!!!


[Fotos: Terra e Globoesporte.com]

6 comentários:

Maldita Futebol Clube disse...

Wílson...não recebi o e-mail!
Cara, discordo quanto ao Timão. Contra o vasco, eles não venceram, foram dominados e contaram com a ajuda do juiz em não expulsar elias e christian em sampa( bateram a vontade) e teve o penalti no elton!! portanto, campeão na prática sim, mas na teoria eles fizeram feio com o vasco e o título é Imoral! fora os favorecimentos em jogos anteriores. e porque só eles tiveram jogo adiado no brasileirão? abs, leandro

Vinicius Grissi disse...

Título merecidissimo. O Corinthians é o campeão da Copa do Brasil porque foi o time que melhor jogou. Tem um elenco forte e maduro o suficiente para as grandes conquistas.

Gremista Fanático disse...

Com certeza o Corinthians ganhou essa taça de forma incontestavel, e o Inter se tivesse vencido tambem não seria injusto, mas pelo que os times fizeram na final a Taça esta nas melhores mãos. abraço.
Saudações do Gremista Fanático

Munigalo disse...

E ai Wilson,
to de volta, é dessa vez o Inter nem pode reclamar de arbitragem, o Corinthians ganhou bem e mereceu. Parabéns ao árbitro mineiro Ricardo Marques, apitou muito bem e não deixou o pau comer.
Abraço

Jefferson freire disse...

WH, vc vai à rádio segunda? Manda um email pra mim conformando:

jefferson.freire@gmail.com

abção

Rodrigo Zapelli disse...

boo!

Estava vendo uns blogs e me deparei com o seu site!
Meu nome é Rodrigo e sou da área de marketing da boo-box, uma empresa de publicidade na internet.
Estou entrando em contato pois gostei bastante do conteúdo do seu site e vislumbro ótimas oportunidades de obtenção de receita.
Todos os blogs e sites que utilizam nossas soluções têm se dado muito bem.
Graças a nossa presença constante nos meios de comunicação voltados para as agências temos tido uma grande demanda e precisamos de sites como o seu para dar vazão.

Vitrine Publicitária
Meio & Mensagem
Propaganda e Marketing


Gostaria de fazer uma proposta: por que você não começa a usar também?
A implementação é bastante simples e eu me disponho a te ajudar no passo-a-passo .
Eu posso te ajudar a fazer as primeiras contextualizações. Dessa forma, além de oferecer um bom conteúdo aos seus leitores, seu site poderá prestar serviços, oferecendo ofertas relacionadas aos assuntos abordados e você ainda terá otima obtenção de receita =D



Aguardo sua resposta.
e parabéns pelo seu site
Abraços
=)

Rodrigo Zapelli
rodrigo@boo-box.com

PS. TIMÃO TRI CAMPEÃO