health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Bomba no treino do Flamengo!

(Meia Ibson se desentende com torcedor que o ofendeu)


O que aconteceu hoje na Gávea, é mais um exemplo do quão absurdo é o tratamento que certos infiltrados na torcida recebem de forma errada, da diretoria de um clube de futebol. Em hipótese alguma, deveria ser permitida a entrada de pessoas que possuem o propósito de protestar contra trabalhadores. Independente se esses profissionais – jogadores de futebol ou não – estão sendo aprovados pelo julgamento de quem quer que fosse. O fato de o time estar indo mal, sem ganhar a seis partidas, não pode servir de justificativa para o que ocorreu hoje no clube da Gávea.

Durante o treino recreativo dos jogadores, foi atirada uma bomba no campo!

O histórico recente do Flamengo mostra atos de estupidez de integrantes de torcidas organizadas. Em 2004, durante o desembarque do elenco rubro-negro no aeroporto Santos Dummont, jogadores foram agredidos por esses “torcedores”. Inclusive o pai do jogador Zinho (que na época fazia parte do time do Flamengo) sofreu com a ira desses seres covardes.

Nesse mesmo ano de 2004, o mesmo clube da Gávea, foi invadido mais uma vez por “torcedores” que queriam, assim como no episódio de hoje, fazer um protesto inicialmente pacífico. Até tiros foram disparados dentro do clube.

É de se lamentar, que no ano de 2008, em pleno século XXI, haja briga, confronto físico e verbal, por causa de um esporte, que deveria tão somente, servir para unir as pessoas. O que esses “cidadãos” irão ganhar ou perder em conseqüência dos resultados do time? Será que podemos chamar isso de amor ao clube?

Esses vândalos irão prestar depoimentos a policia, para responderem sobre os crimes que cometeram hoje. Só pelas imagens, fica claro e evidente, que algo já poderia ser feito com relação a esses marginais.

Esse tipo de freqüentador de estádios e treinos, geralmente está lá para arrumar confusão. Diante desse fato, a diretoria não poderia ter removido o treinamento de hoje para outro local, como o C.T Ninho do Urubu?

E mais uma questão fica no ar: após serem xingados, ofendidos, terem visto e ouvido suas honras postas em dúvidas, terem sido quase agredidos, ficarem com a certeza de insegurança em pleno ambiente de trabalho, esses jogadores irão entrar em campo na próxima quarta no Serra Dourada contra o Goiás com algo mais, com uma disposição maior para vencerem a partida?

Além de safadeza, vagabundagem, delinqüência, e bandidagem, esses torcedores foram, sobretudo burros, porque a única coisa que eles conseguirão como resultado de tudo isso, é evidenciar qualquer sentimento negativo dos jogadores com o ocorrido.

É lamentável a atitude desse bando. Espera-se que a justiça tome as devidas providências, e que a diretoria rubro-negra tome vergonha na cara e impeça que próximos episódios como esse aconteçam na sede do time que possui a maior torcida do país, cuja qual, certamente esses bandidos não fazem parte.





Deixe esse post melhor. Faça um comentário.

3 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Richard Morales, que já não era lá um grande reforço, viu as imagens na Internet e desistiu de jogar no Flamengo. Prejuízo incalculável causado à imagem do Flamengo por meia dúzia de vagabundos.

Sabrina Machado disse...

O Blog Jornalismo Esportivo está fazendo uma cobertura especaial sobre os Jogos Olímpicos de Pequim!!!

Entrem e comentem!!!

http://esportejornalismo.blogspot.com

Rui Moura disse...

É absurdo, Wilson!... Será que torcedores assim gostam mesmo de desporto?... Putz...

Abraço grande