health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

O risco da idolatria (des)medida


Quando se fala em uma personalidade que se tornou ídolo de uma nação como jogador, se tornando técnico, ou presidente de uma instituição para salvá-la de um figurado incêndio, muitas coisas precisam ser pensadas e medidas. Até o momento, Dinamite está dando certo como presidente do Vasco. Mas quem garante que será assim por todo seu mandato? Nos piores momentos da equipe cruzmaltina na série B, foi possível ouvir e ver reclamações.

No Flamengo, um outro exemplo, muitos querem Zico como técnico. Outros, mais desesperados com a situação do clube, o querem na presidência. Mas será que as burradas dos comandantes anteriores, merecem ser “esquecidas” com o Galinho colocando sua idolatria a risco? E se não der certo?

Essa é uma questão muito complicada. Não é porque alguém foi craque dentro das quatro linhas, que vai ser craque em tudo que fizer por um clube, uma seleção ou uma instituição. Nossos vizinhos argentinos estão vendo isso, amargamente de perto.

Antes, um Deus indiscutível. Qual argentino ousaria dizer que Pelé foi o maior do planeta, se no país do tango, é um fato consumado que ninguém ultrapassou o Maradona no futebol? Mas agora a coisa já vai mudando de configuração. Não que eles estejam repensando no conceito quanto ao Pelé. Mas estão cada vez mais desapontados com o ídolo, momentaneamente ovelha negra.

Nem quando Dieguito quase arruinou sua vida com as drogas, chegando a ficar internado por diversas vezes, o povo argentino deixou de idolatrá-lo. Nem quando ele estragou sua carreira pelo mesmo motivo, houve algum questionamento. Porém, com a chance real da Argentina não ir à próxima Copa, o intocável vai, gradualmente, virando alvo de críticas. Pesadas críticas.

Se a Argentina perder o jogo desta quarta contra o Paraguai em Assunção, corre o risco de cair da quarta posição para a sexta nas Eliminatórias para o Mundial. No Twitter, alguns torcedores argentinos começam a lançar uma campanha. Segundo eles, qualquer outra tarefa que Maradona vier a cumprir, será melhor do que dirigir a Seleção Argentina de futebol. Algumas sugestões foram feitas como pizzaiolo e cantor de Tango.

Bom, como praticamente todas as canções de Tango falam sobre algum drama, não seria difícil, diante do atual momento, Maradona achar inspirações para compor...

[Foto: Globoesporte]

7 comentários:

Fernando Gonzaga disse...

um ídolo de um clube ou de uma nação nõ deveria assumir cargos como de treinador ou algo do tipo...é um risco que eles correm de jogar sua história pelo ralo...pois na hora da crise, o torcedor perde o respeito pela história de quem quer que seja...se Maradona falhar com a Argentina será responsabilizado e manchará sua linda trajetória em seu país....

abraço!!!

Gremista Fanático disse...

Pois é cara, por isso que muitas vezes alguns jogadores como por exemplo Fabio Luciano param de jogar em um momento bom, erguendo taças do que arriscar mais e ver tudo que conquistou por agua a baixo com um mal desempenho, o Maradona já esta virando piada ate mesmo com os Argentinos, mas na minha opinião o que ele fez não pode ser apagado por ir mal como tecnico, mas isso pode acontecer se ele não ganhar a vaga para a copa, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Leonardo Resende disse...

Fala WH,

Realmente essa é uma questão delicada.

QUando se é ídolo em um clube, ou seleção como jogador, tudo o que vc fizer depois pode ser fatal.

Vemos o Andrade no Fla, o Leonardo no Milan e agora o MAradona com os Hermanos.

De fato, ser técnico quando se é ídolo não é recomendável...

Visite também o Rio Futebol, se puder!

Grande abraço,

Leonardo Resende
Rio Futebol
http://riofutebol.blogspot.com
adm.riofutebol@gmail.com

Saulo disse...

Esse Maradona nunca teve razão e coerência nas coisas que ele faz ou fala.

Warley Morbeck disse...

Perfeito. As pessoas acham que por que alguém foi craque vai ser bom em qualquer coisa. Na verdade as pessoas só costumam ter um grande dom...

Marcão disse...

O mal do Maradona é falar demais,falou tanto que ia ganhar agente la na Argentina e ai ? Classificamos para Copa la na casa deles perante varios torcedores Argentinos tristezinhos.

Agora Maradona se vira nos 30 cumpadi,se não vai ter que disputar a repescagem e a respescagem e feião.

_Vascao_ disse...

O problema é idolatrar o cidadão que muitas vezes não merece, idolatrar o Maradona em quanto jogador sim, mas ele fora de campo sempre foi de atitudes e carater duvidoso.
Fico feliz com o Brasil já classificado, mas triste de ver Seleções como Argentina e Portugal fora.
Seria bom de mais ganhar da Argentina na Copa hehehehe...