health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Sinal vermelho nos esportes olímpicos do Flamengo.



A cada dia, discussões, debates e troca de argumentos tem acontecido na Gávea entre diretoria e presidência. Existe uma previsão de corte de verbas para esses desportos. Alguns dos atletas, medalhistas olímpicos, como Jade Barbosa (que vive situação financeira crítica) e os irmão Daniele e Diego Hipolyto não sabem sobre o seu futuro dentro do clube. A tradição rubro-negra nesse esportes, corre sério risco.

De um lado, temos Patrícia Amorim, ex-atleta olímpica do clube, possível candidata a presidência nas eleições do final desse ano e responsável direta pelos esportes olímpicos rubro-negro, dizendo ter conversado com o presidente Marcio Braga quando o mesmo lhe garantiu que esses esportes continuarão a existir. Ela chegou a afirmar que os dois possuem um consenso que o Fla é um clube poliesportivo e na busca de se manter essa tradição, tudo seria resolvido.

Do outro lado, temos Delair Dumbrosck, vice-presidente geral do clube e possível candidato da situação nas eleições rubro-negra, que diz ser praticamente impossível manter alguns atletas sendo custeados pelo Flamengo como Jade e os irmão Hipolyto. Para ele, no máximo serão mantidos atletas do remo (obrigação assegurada no estatuto do clube) e do basquete, que possui um patrocínio próprio.

No meio desse fogo cruzado, foi apresentado o novo vice de finanças, Sebastião Pedrazzi, que já chegou prometendo fazer cortes no setor, mas garantindo manter a tradição poliesportiva do clube.


(Diego Hipolyto e Patricia Amorim, vice-presidente de ginastica olímpica do Flamengo)


No momento de Olimpíadas, Pan-americano e Mundial de Ginástica Olímpica foi se utilizada a imagem desses atletas (Jade Barbosa, Diego Hipolyto e Daniele Hipolyto) de uma forma absurda. À medida que esses atletas conseguiam bons resultados e consagração, o rubro-negro ganhava prestigio não apenas dentro do esporte, mas no campo político também, chegando a adquirir voz ativa no COB. É incontestável afirmar que esses profissionais trouxeram algo de bom para o Flamengo. Também não podemos ignorar o fato do clube ter dado um grande auxílio na aquisição de estrutura e comissão técnica para treinos, facilitando a evolução na carreira dos citados.

Mas dentro do bom senso, espera-se que a situação seja resolvida sem causar danos às carreiras desses atletas que muito fizeram pelo clube. Sabedor da situação financeira crítica em que se encontra a instituição Flamengo, compreendo que não seja nada tranquilo resolver todo esse imbróglio. A crise nas finanças já vem se arrastando há algum tempo. Prioridades foram traçadas nos últimos anos e agora as conseqüências estão surgindo com toda força. Mas voltemos a bater na tecla do marketing (aquele mesmo remédio que alguns cartolas brasileiros tratam de deixar esquecido, mas que se bem utilizado, são capazes de resolver problemas que mais parecem desesperadores) que pouco é utilizado no futebol – em se tratando de Mengo – e praticamente ignorado em se tratando dos esportes olímpicos, pelo menos no momento de se resolver tal situação.

Não custa lembrar mais uma vez que o Fla já usou bem a imagem desses atletas quando eles se encontravam em disputa de competições importantes e o retorno parece ter sido compensado em várias situações, inclusive política, como já foi dito. Portanto, seria natural mais uma vez, que algo fosse feito, mas nessa oportunidade, para o próprio bem dos atletas e claro, também para a tradição do clube.

Para finalizar, não é demais mencionar que o próprio Diego Hipolyto diz disponibilizar sua imagem para que fossem feitos bonecos e que a arrecadação fosse toda para reabilitar os cofres do clube mirando a recuperação da ginástica olímpica flamenguista.
[Fotos: Globoesporte.com]

8 comentários:

Fernando Gonzaga disse...

é um verdadeiro absurdo o Flamengo como a instituição que é e representa, chegar a cogitar o desmanche dos esportes olímpicos....inadmissível...isto porque, os atletas do clube, são todos ou quase, atletas da seleção...

abraço!!

Gremista Fanático disse...

Cara alguem tem que fazer alguma coisa com o Flamengo, assim não dá, em todos os segmentos da diretoria ta faltando profissionais pra fazer valer o tamanho da torcida. Um clube como o Flamengo era pra ser autosustentável. Valeu.
Saudações do Gremista Fanático

Carlão Azul disse...

Li essa noticia dia desses, realmente não dá para acreditar. Isso porque se trata de nomes RECONHECIDOS INTERNACIONALMENTE, imaginem a situação de outros atletas que ainda não são conhecidos......


LASTIMÁVEL.


Saudações Celestes

SITE/BLOG
Sou Cruzeirense - Site
Sou Cruzeirense – Blog
CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
ENTREM, DÊEM UMA ESPIADINHA E SINTAM-SE A VONTADE

Diego Louzada disse...

o despreparo e a loucura de alguns estão levando o Flamengo a essa situação. o salário de muitos jogadores do futebol profissional é absurdo e acaba faltando para os esportes olímpicos.

Abraço!

Vinicius Grissi disse...

Uma pena para os atletas, ótimos.
Uma pena para o Flamengo, que perde uma visibilidade interessante.
E PRINCIPALMENTE, uma pena para o esporte brasileiro.

Danilo Damasceno disse...

Falta alguem de comando e que saiba investir em Marketing, isso pagaria e sobrava dinheiro se soubessem trabalhar, Campeões+flamengo= dinehiro se souber fazer.Abração


Galera a primeira mesa redonda virtual, estará no ar amanhã dia 25/01/09 ás 20:00hrs, se você ainda não faz parte do chat,
adicionem no seu msn group38099@groupsim.com . É o chat de msn criado só para blogueiros, para que a gente possa promover nossas mesas redondas virtuais. Participem!

Daniel Jr disse...

Ainda não consegui analisar de maneira devida o episódio, mas ver, 3 icones da ginástica olimpica com cara de velório, no pequeno auditório da Gávea, não foi uma cena muito bonita.

Uma coisa, fique bem clara, se clara não está: reconhecer a falência do clube, é um passo, austero, em direção a maturidade administrativa, mesmo, que tal mea culpa parta de um dos mais tradicionais dirigentes do futebol brasileiro, há mais de 20 anos.

Saulo disse...

Eu fico imaginando. Se fosse no Botafogo, a imprensa ia criticar pra caramba. Agora, quando isso acontece no Flamengo, a imprensa quase não fala nada.
Será que é só no Botafogo que existe problemas financeiros?