health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Dupla Fla-Flu está fora


Mais uma vez me impressionei com o Guiñazu. Ele é tão bom que chega a ser um tormento pra quem torce pro time que joga contra o Inter. Trata-se de um jogador onipresente. Aprece na marcação em todos os lugares do campo. Rouba bola no ataque do Inter, no meio campo, na defesa pelo lado esquerdo, pelo lado direito, toma tronco, se levanta, rouba a bola novamente, enfim... Fazia muito tempo que eu não via um primeiro volante desempenhar tão bem sua função.

E o ataque Colorado dispensa comentários.

O Flamengo está de parabéns também. Esse pode ter sido o confronto mais complicado para o Internacional nessa Copa do Brasil. Nem na hipotética final contra o Corinthians, imagino que o jogo vá ser tão difícil pro time do Beira-Rio.

Não gosto de crucificar UM jogador por uma derrota como essa, mas o Juan bobeou feio. Numa jogada mega arriscada, deu um passe hiper fraco. Com a defesa escancarada, o Flamengo tomou o primeiro gol. Méritos também de Nilmar e Taison que aplicaram a velocidade necessária no lance.

E foi bobeira também uma falta perto da área, aos 43 do segundo tempo, que resultou no gol de falta de Andrezinho. O gol da classificação. E na disputa dentro da área, não houve falta no zagueiro do Flamengo.

Com o empate que se encaminhava para ser o resultado final, o Fla se classificava.

Independente do Flamengo ter sido melhor nos dois jogos, cometeu erros bobos e POR ISSO mereceu perder. Num duelo como esse, errar é algo que não deve acontecer e cometer erros bobos é pra merecer a derrota.


No Maracanã venceu, em minha opinião, a equipe que deve chegar a final contra o Inter. Tenho um imenso respeito pelo Coritiba, que é digno de aplausos por chegar numa etapa que ninguém de fora do clube acreditava, e pelo Vasco, que está fazendo de 2009 o ano do ressurgimento, a exemplo do que fez o Timão ano passado. Mas vendo pelo futebol, a final está mesmo com cara de Inter x Corinthians. São mais times do que seus respectivos adversários nessas semifinais.

O grande destaque da equipe paulista, não há como não ser o Fenômeno, mas vale ressaltar a qualidade do restante da equipe como o goleiro Felipe, o atacante Dentinho, além do zagueiro Chicão e de Jorge Henrique que fizeram cada um, um belíssimo gol no segundo jogo contra o Fluminense.

À exemplo do rival Flamengo, o time de Parreira também merece os parabéns por ter dificultado ao máximo a vida corintiana. Alan e Thiago Neves ainda tentaram reverter a situação marcando seus gols, mas os dois marcados pelo Timão, distanciaram muito a possibilidade de reversão do placar. O Tricolor necessitava fazer quatro gols.

Agora é esperar pra ver o que acontece na seqüência.

No encerramento desse post, me sinto na obrigação de dizer que eu imagino uma situação, mas não estou torcendo por nada. Manterei-me isento de tudo. Meu time foi eliminado e meus sentimentos de torcedor ficam por aqui. Futebol é resultado e o resultado pode ser qualquer time vencedor. Uma final entre Vasco x Coritiba não é impossível.

[Fotos: Terra]

6 comentários:

Persio Presotto disse...

fla e flu não são mais os mesmos, e há tempos. abs, pp

Blu disse...

Merecidíssimas as duas classificações. Nem to lamentando a derrota do Mengão. Foi digna e puro mérito do Internacional. Jogamos bem!


Abraço, companheiro!

Jefferson freire disse...

Inter x Corinthians, com o título para o Inter!

Vinicius Grissi disse...

Quem fez a falta foi o Ibson, não?!

Vão ser grandes jogos. Agora, você tá afim de ver a zebra entrando em campo né?! hehehe

Wilson Hebert disse...

Exato, Grissi. O Ibson fez a falta na entrada da área que resultou no gol do Andrezinho.

E no lance anterior, onde o Luiz Roberto (TV Globo) levantou a hipotese de falta no zagueiro Wellinton, foi apenas uma disputa normal de bola, sem falta no jogador do Fla.

Abraços a todos!

Maldita Futebol Clube disse...

Fala WH! A final entre vasco e coritiba não é um sonho, pois o inter não é esse bicho papão todo, o coxa tem bom time e o vasco já deu provas de que é um time aguerrido táticamente epode surpreender contra o corínthians