health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Zebra com nome composto: Barueri-Goiás

Barueri 4x2 Atlético-MG



Ainda não aposto no Galo como campeão (ou não apostaria até essa rodada), mas apostei firme numa vitória atleticana nesse jogo. Mas também é preciso salientar, que o adversário deste sábado, apesar de pouca tradição na Série A, vem fazendo uma campanha digna de aplausos e merece que tenhamos certa consideração e até respeito.

A invencibilidade da equipe mineira foi quebrada. Inevitavelmente, lembramos do que aconteceu no Campeonato Mineiro deste ano. Bela campanha e humilhação na final. Um time que nada e morre na praia?

Há anos que o clube não vem tendo um desempenho no Brasileirão de acordo com a sua grandeza. Mas com uma bela arrancada no início deste, os torcedores começaram a imaginar resultados mais satisfatórios.

Da mesma forma que estava, e ainda está, cedo para traçar o time como aspirante ao caneco, também está cedo para dizer que já era e volta a ser um time que briga pela Sul-americana. Ainda acredito no Atlético-MG atrapalhando a vida de muita gente nessa competição e buscando algo a mais como uma vaga na Libertadores.

Botafogo 1x4 Goiás




E o clima vai ficando cada vez mais em chamas...

Não resta mais dúvidas. Tem coisas erradas no planejamento traçado pela diretoria no início do ano. Assim como o Atlético-MG, fez uma bela campanha no estadual e morreu na praia. Não foi humilhado pelo Flamengo, mas na soma dos acontecimentos das partidas finais, podemos apontar o time da estrela solitária com uma atuação dentro de campo, superior a do rival rubro-negro. Não foi campeão porque bobeou.

Mas no Campeonato Brasileiro, a coisa está diferente. O time não está bobeando, mas sim, enfiando os pés pelas mãos e se afogando na piscina da incompetência própria. Tudo bem que Maicosuel e Reinaldo fazem uma falta absurda. Era obrigação da diretoria buscar no mercado, alguém para substituí-los.

No meio, não estou falando de Lúcio Flavio. Enquanto perdeu-se um meia rápido e habilidoso, que fazia ligações com o ataque em jogadas de velocidade, trouxe um jogador lento que cadencia o jogo. Ser bom cobrador de falta e já ter atuado no time, não é o bastante. Não está sendo o bastante. E se Reinaldo está entregue ao departamento médico e não há alguém no elenco que possa substituir, os dirigentes tinham que encontrar alguma solução. É inadmissível, um time do tamanho do Bota, perder os dois jogadores mais importantes do elenco, e ficarem "pausados" pro resto da temporada. Já passou o tempo de se ver que existem competições além do Campeonato Carioca.

Agora a pressão contra elenco e o técnico Ney Franco, tende a tomar proporções insustentáveis. Numa possível demissão do treinador, pode-se haver uma ilusória solução dos problemas à curto prazo. O time continuará carente na armação das jogadas e sem aquele segundo atacante para jogar com o Victor Simões.

Botafogo e Galo vão ter que pôr a cabeça no lugar e rever alguns conceitos. Os cariocas precisam reagir, e os mineiros não podem deixar que reajam contra o momentâneo líder.

2 comentários:

Vv disse...

Para um clube que é dirigido por um DENTISTA, proponho um tratamento de CANAL !!! Vai doer, mas é a solução. Antes não tinha elenco, apenas um time. Hoje não tem nem um, nem outro. Lamentável. Não foi só o blog que prestou homenagem ao Michael. Victor Simões no gol de HONRA, fez a tradicional coreografia de Jackson. A único coisa boa apresentada pelo Botafogo. Abraços, Vivi.

Rafael Sobieski disse...

Acho que não foi tão zebra assim não, o Barueri é forte dentro de casa e convenhamos que o Atlético-Mg não esteja lá essas coisas apesar de estar na liderança.

O Botafogo mostrou só o que vem por aí em 2009 e pode vir um título em 2010, aquele que corintianos e gremistas sabem bem o que é. E talvez quem sabe Mano Menezes no Botafogo em 2010...
shaushaushusha
abraço