health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Propostas da nova presidente do Brasil.


Por Wilson Hebert

Segue abaixo os principais pontos abordados por Dilma Rousseff no período da sua campanha rumo ao Palácio do Planalto:

Emenda 29: ''Assumo o compromisso de lutar pela emenda 29, sobretudo considerando os princípios de universalização de melhoria na qualidade da saúde." [13ª Marcha Nacional de Prefeitos]

Infraestrutura: "Não podemos ficar só com o BNDES, mas também, mobilizar todos os recursos financeiros que nós dispomos... Vamos aumentar o poder de captação para projetos de infraestrutura." [Encontro com empresário e investidores em Brasília]

Novo Ministério: ''É preciso dar suporte a pequenas, médias e micro empresas e eu quero criar um ministério específico para elas. O fortalecimento dessas empresas dará mais robustez, não só ao tecido econômico, mas também ao tecido social brasileiro." [Coletiva na Confederação Nacional da Indústria]

Área Social: "Erradicação da pobreza. Do ponto de vista do projeto que represento, acabaremos com a miséria na próxima década. Aumentaremos programas como Bolsa Família; Luz Para Todos; Minha Casa, Minha Vida; Agricultura Familiar, entre outros." [Encontro com representantes de ONG's e Movimentos Sociais]

Reforma Política: ''Sou a favor de uma reforma política para que haja financiamento público de campanha, voto em lista, para que haja um reforço dos partidos, bem como a criação de uma Constituinte exclusiva para esse tema." [Encontro com estudantes em SP]

Saúde: ''Nos remédios é um absurdo a tributação. É uma questão até de justiça social, de sobrevivência da população, reduzir a tributação sobre o remédio e assegurar que haja uma redução no preço." [Encontro com Médicos].

____


O Futebol & Variedades reconhece e submete-se a apoiar todas as ações da nova e primeira Presidente da República que forem favoráveis ao bem-estar do povo do nosso país. Observando todos os pontos apresentados acima, agarra-se naquele entendido como primordial, que é a erradicação da pobreza – ou, pelo menos, a diminuição -. Mas, ponderamos que, para isso, não se pode deixar de lado a crescimento econômico conquistado e seguido pelo Brasil nos últimos anos.

Especificamente, salientamos ser de toda e irrestrita atenção outras áreas de atuação do governo como saúde, educação, infraestrutura, saneamento básico, transporte, entre outros, além das necessárias reformas, como a política e a da tributação. Concernente a todas essas especificações, convocamos nossos leitores e colunistas e pedimos que estes também convoquem seus conhecidos para os atos cívicos nos próximos anos. Nós cidadãos, sobretudo eleitores, devemos não apenas fiscalizar, mas também exigir que essas promessas de campanha sejam cumpridas conforme o estabelecido.

E que para concluamos este post e este pensamento, deixamos aqui claro a honra em fazer parte da mídia mais democrática quando o assunto é opinião: a internet. Nas rádios, nas TV’s e nos impressos, a voz que se sobressai é a de algumas empresas que comandam esses meios. No meio virtual não. Somos nós, poderosos anônimos, que temos o poder de promover uma revolução comunicacional. Não podemos, em momento algum, ignorarmos essa nossa arma.

3 comentários:

André Peixoto disse...

O Brasil avançou muito nos oito anos de governo Lula, números expressivos, por exemplo, de milhões de brasileiros que saíram da pobreza extrema.

Com a promessa de aumentar alguns programas, como o Bolsa Família, esse número irá diminuir ainda mais, fazendo os mais pobres subir de classe social.

Outro setor que deve ser prioridade é a educação, o futuro do país depende dessas crianças e jovens.

Esperamos que o Brasil possa seguir mudando com Dilma.

Abraço.

André Peixoto

Manoel disse...

Como eu frizei em alguns comentários, nunca fui simpatizante da petista, tampouco acho que ela era a melhor escolha, mas foi eleita democraticamente e não há o que discutir.

Em relação ao governo Lula, não me iludo com a super-propaganda espalhada que faz a gente pensar que a nação é um oásis, não é, e nem todas as conquistas começaram no atual governo, é importante reconhecer. Mas, no geral, foi um bom governo, inegavelmente.

Torço que o Brasil, avançe mais, pois acima de qualquer bandeira politica, eu sou brasileiro, e quero o bem do país.

Mas uma conquista, temo que não veremos nem tão cedo, é a ética na politica, coisa que não é muito forte nos partidos, menos ainda no PT. Quanto a isto, continuaremos a penar...

Carlão Azul disse...

A simples repetição do desempenho de Lula já seria suficiente para que tenhamos um ótimo governo Dilma, mas a gente quer mais e acredito no poder de decisão e na firmeza de Dilma, contudo como diz nosso blogueiro não podemos baixar a guarda e temos de fiscalizar diuturnamente as ações governamentais.