health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

Inversão de valores


É incrível como as pessoas não aprendem, não fazem dos erros lição e não enxergam algo que já está gritante. Alguns fatos chegam a ser vergonhosos. Esse texto vai trazer vários pontos, caro leitor.

Arbitragem do Campeonato Carioca

Nível de pelada de churrasco de domingo, onde todos os envolvidos estão devidamente alcoolizados para não terem noção alguma do que estão fazendo.

No primeiro tempo, o gol do Elton foi legal. NÃO É proibido o atacante encostar no defensor quando ambos sobem pra disputar uma bola. Foi descarado o mergulho do Juan.

E a expulsão do próprio lateral-esquerdo flamenguista, assim como o amarelo no jovem Philippe Coutinho do Vasco foram outros dois atos ridículos.

E o pênalti não marcado quando o volante Willians fez uma defesa dentro da área, brindaram com chave de ouro a total ineficiência dessa arbitragem neste jogo específico (a crítica em cima do Campeonato Carioca será feita aqui nesse blog, porém, no momento certo).

O pênalti em cima do Leo Moura fica entre o discutível e o questionável graças ao que o replay mostrou. Mas certamente, pode-se dizer que nem no Campeonato Gaúcho isso seria marcado. Se for levar em consideração o futebol fora do Brasil, então...

O critério utilizado no decorrer da partida é algo que se estaciona no bizarro. Se alguém vai ao chão, falta. Se o encontro entre dois jogadores for algo próximo a forte, já se levanta o cartão. E não é possível que nada seja feito para que isso seja revisto!

Os jogos do Estadual que já foram medíocres (o número de torcedores já reafirma tal fato) conseguem ficar profundamente piores com os homens do apito rendendo de forma amadora. E não é só ruindade dos apitadores não. As coincidências ao observarmos as partidas, nos leva a crer que há problemas também nas recomendações dadas a eles.

Torcida flamenguista

Seria demais pedir para que simplesmente não comemorassem uma vitória frente ao rival Vasco da Gama. Ainda mais em uma partida eliminatória. Então o pedido é de que se tenha consciência.

Hoje o Campeonato Carioca não pode ser mais valorizado do que o merecido (quase nada). Foi um torneio que teve muito mais desordem do que motivos para se orgulhar. Em anos anteriores o Flamengo deu bastante atenção para a disputa doméstica, enquanto a Libertadores, que é o que realmente importa, não ficou em segundo plano, mas foi embora, porque nela, toda atenção é pouca.

Claro que os apaixonados pelo seu time tem direito de comemorar esse “triunfo”. Mas, de forma bem mais elevada, estimulem o time a uma vitória na quarta-feira. Mesmo sendo fora de casa.

Diretoria flamenguista

Essa sim tem que ser radicalmente mais exigida. Medida paliativa não pode ser vista como solução.

O pensamento inferior de que “é melhor garantir um título na temporada, nem que seja o de campeão carioca, ao invés de se voltar totalmente pra Libertadores correndo enorme risco de perdê-la” tem que ser arrancado das cabeças dos comandantes desse que figura entre os maiores clubes do país.

A Taça Libertadores da América é o que dá status no continente. Ela tem que ser encarada como Copa do Mundo. O glorioso Cariocão de outrora, deveria ser tratado como algo preparatório. Isso serve para os quatro grandes do Rio de Janeiro. Até porque está evidente que eles são muito superiores aos demais times.

Enfim... Um título de campeão carioca (que será um tetra em cima do tetra-vice botafoguense, que sensacional...) somado a mais uma eliminação do continental, caso venha acontecer, representará uma estagnação do Clube de Regatas do Flamengo, da mesma forma que se não for campeão carioca e for igualmente eliminado da Libertadores. Isso tem que estar bastante claro.

Não percam amanha o DEBATSPORTS, que falará sobre esse tema e muitos outros.

3 comentários:

Rafael Sobieski disse...

A arbitragem está feia, mas não é só no Rio não. É no país inteiro. Acho que passou da hora de melhorar a arbitragem do Brasil.

Quanto ao Carioca, é um campeonato entre os quatro grandes, os outros clubes são meros figurantes.

Nesse momento ser campeão carioca não significa muita coisa, para mim o que vale mesmo é o Brasileiro e a Libertadores.

O Flamengo ganhou o Brasileiro ano passado, agora acho que deve ter mais atenção na Copa Libertadores.

Abraço Wilson
Apareçam no MDF
http://maniacosdofutebol.blogspot.com/

oPerna disse...

flamenguista tem que ter consciência né, mas botafoguense pode gastar todo mundo com uma vitória depois de um gol irregular.

Comemoro sem moderação sim, respeito todas as torcidas do rio e taus, mas se o erro tivesse ocorrido contra o Fla, a torcida arco íris iria cair encima sem dó.

Erro de arbitragem não é culpa do Flamengo, e nossa torcida nunca coloca a culpa de uma derrota no arbitro, que os vascaínos arrumem outra desculpa ou se contentem, essa daí já está manjada.

Abraço wilsão

SRN

Wilson Hebert disse...

Amigo Perna,

O pedido de consciencia não é pra não comemorar a vitória por ter sido com erro de arbitragem. É pra saber que a Libertadores vale MUITO mais que o Campeonato Carioca, que esse ano foi um lixo.

Abraço!