health

[cinema][bleft]

Technology

business posts

CBF, título de 87 e a taça das bolinhas


Por Wilson Hebert

A decisão de reconhecer o Flamengo como campeão de 1987 é legítima, o que motivou a CBF a tomar essa atitude, provavelmente, não o é: politicagem! Ou será que tentar trazer o clube mais popular do país pro seu lado no momento em que se discute contratos de transmissão do próximo triênio do Campeonato Brasileiro é coincidência?

O caso é muito simples de se entender. Alguns veículos de comunicação que não possuem ligação nem com a Record e muito menos com a Globo, relatam que a emissora do Bispo Macedo vem forte na batalha financeira pelo Brasileirão, em negociação que acontece com o Clube dos 13.

E, ao mesmo tempo, Corinthians e Flamengo resolveram dar seu grito de independência exigindo cotas maiores, pelo fato de darem mais lucro. Hipótese: racha político no C13, enfraquecimento da instituição e fortalecimento da CBF que ganharia mais autonomia nesse cenário.

O senhor Ricardo Teixeira, que não é bobo nem nada e já possui o presidente do Timão, Andrés Sanchez, como amiguinho, agora resolve cantar a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim (sem levar para o lado pejorativo, por favor). Com a decisão, sem dúvida alguma, ela virou amiguinha dele também.

Mas aí tem outra questão, envolvendo também o São Paulo. E a inesquecível Taça das Bolinhas? O presidente do clube, senhor Juvenal Juvêncio, já disse em alto e bom tom, quando recebeu o troféu, que iria se deliciar... E nesta segunda-feira, representantes do clube paulista já deram a entender que não haverá entrega da taça ao clube carioca, que respondeu dizendo esperar uma atitude de nobreza e grandeza do tricolor do Morumbi.

E a CBF? De novo ele, Ricardão Teixeirão... Disse que esse é um problema da Caixa... O futebol é mesmo uma CAIXA de surpresas...

Na comunidade do Orkut, Doentes por Futebol, este blogueiro que vos fala criou o tópico com a informação supracitada, ainda no período matinal. E já no início da noite, o amigo Pedro Humberto – torcedor do Vasco da Gama – deu uma sugestão abraçada pelo Futebol & Variedades

O Rei da Incoerência não quer se disfarçar de coerente no Castelo das Bizarrices? Então que entreguem a taça ao Santos. Afinal, com o reconhecimento dos cinqüentas milhões de títulos (disputados numa época Antes de Cristo), o Peixe passou a ser o primeiro pentacampeão brasileiro. A Vila Belmiro deveria ser a casa das Bolinhas...

Wilson Hebert – Assuntos gerais

3 comentários:

Kaique Pedaes disse...

Eu iria fazer um post falando que a CBF tava errada, dizendo que deveria dar a taça pro Santos, mas depois dei de cara com algo que eu havia esquecido: "a Taça das Bolinhas seria entregue ao primeiro tricampeão brasileiro seguido ou o primeiro penta alternado... A PARTIR DE 1971", por isso desisti. E tá dando o que falar...

Abraço!

www.net-esportes.blogspot.com

Wilson Hebert disse...

Mas essa questão de ser após 71, referia-se ai período em que a CBF começou a organizar torneios de cunho nacional no nosso futebol.

Mas com o reconhecimentos dos títulos de 1970 pra trás, a CBF carimbou os acontecimentos anteriores a esse ano. Sendo assim, o Santos passou, de acordo com a Confederação Brasileira de Futebol, a ser o primeiro pentacampeão brasileiro.

Abraço, Pedaes!

Anônimo disse...

todos sabem que o verdadeiro campeão de 87 e o sport club do recife CBF deixa de palhaçada é da logo o titulo ao sport porque o flamengo não é campeão de nada. SPORT O VERDADEIRO CAMPEÃO BRASILEIRO DE 87.